Nordeste e o esporte: atletas que são destaques - Instituto Livres Pular para o conteúdo

Chave PIX: [email protected] | [email protected]

NOTÍCIA

24 de setembro

Nordeste e o esporte: atletas que são destaques

O nordeste é extremamente rico. Com diversos recursos naturais, praias belas e frutas deliciosas a região se destaca como um lugar único no mundo.

 

Contudo, este lugar não se destaca apenas pelas coisas que possui. Na realidade, ousamos dizer que tudo o que foi listado não constitui sua verdadeira riqueza. Há algo mais valioso. A verdadeira riqueza do nordeste é o povo nordestino.

 

Este povo aguerrido, que sofre com tantas mazelas sociais, traz em seu peito a esperança por dias melhores e, ainda assim, teimam em levar o bom humor e alegria para toda uma nação. Isso é comprovado com grandes figuras do humor brasileiro como Chico Anysio, Renato Aragão, Tom Cavalcante, entre outros.

 

Mas não estamos aqui para falar sobre o humor. Embalados pelas Olimpíadas de Tóquio, que marcou a melhor participação do Brasil na história das Olimpíadas,  queremos destacar o espírito guerreiro nordestino e mostrar alguns atletas dessa região que foram destaques e orgulharam a nação brasileira.

 

Confira a seguir a lista que separamos!

 

Isaquias Queiroz

Isaquias Queiroz, nascido em Ubaitaba, Bahia, é um dos maiores nomes brasileiro nos esportes olímpicos. Com quatro medalhas olímpicas na sua carreira em cinco provas disputadas, o canoísta foi o primeiro brasileiro a conquistar três medalhas em uma edição olímpica em 2016. Na edição mais recente de Tóquio, Isaquias obteve a medalha de ouro na prova C2 1.000 metros.

 

Ana Marcela Cunha

A nadadora baiana de 29 anos foi medalhista de ouro nas Olimpíadas de Tóquio. Ana já contava com 5 medalhas de ouro nos mundiais, mas não contava com nenhuma medalha olímpica. Após ter superado um problema de saúde que afetou seu desempenho nas Olimpíadas do Rio em 2016, venceu a prova de 10 km em Tóquio.

 

Hebert Conceição

Hebert Conceição, nascido em Salvador, Bahia, ganhou a categoria peso-médio (69-75kg) no boxe após enfrentar o ucraniano Oleksandr Khyzhniak, bicampeão europeu e campeão mundial de peso-médio. A batalha foi vencida por nocaute no terceiro e último round da luta. Além da medalha de ouro, Hebert já conquistou a medalha de bronze no mundial de 2019, a medalha de prata nos jogos pan-americanos de Lima em 2019 e a medalha de bronze nos Jogos sul-americanos em 2018.

 

Beatriz Ferreira

Outra baiana que foi medalhista nos jogos olímpicos de Tóquio. A pugilista ganhou a medalha de prata na categoria peso leve do boxe feminino, o melhor resultado da categoria feminina em uma Olimpíada. Além da medalha de prata olímpica, Beatriz já conquistou a medalha de ouro nos jogos pan-americanos de 2019 e a medalha de ouro nos jogos sul-americanos de 2018.

 

Rayssa Leal

Rayssa fez história nas Olimpíadas de Tóquio. Com apenas 13 anos, a fadinha do skate se consolidou como a mais jovem medalhista olímpica do Brasil. Além da medalha de prata conquistada nas Olimpíadas de Tóquio, Rayssa também conquistou a medalha de prata no mundial de 2019 e a de bronze no mundial de 2021. 

 

Daniel Alves

O baiano de 38 anos é simplesmente o segundo jogador com mais títulos na história do futebol mundial, somando 43 títulos na carreira. Capitão da seleção brasileira de futebol, nas últimas Olimpíadas conquistou o ouro para o Brasil, somando mais um título para sua extensa lista.

 

O Livres e o nordeste

O nordeste e o sertão nordestino estão no coração do Livres. Nossas ações buscam combater os males sociais dessa região e continuar transformando vidas.

Convidamos você a conhecer os nossos programas e conhecer mais quem somos nós.

 

Saiba mais sobre nossas atuações em nosso blog!


Últimas notícias

18 Anos Ressignificando Realidades e Reconstruindo Sonhos!

Conheça Nossos Amigos e Apoiadores

Personalidades influentes se unem ao Instituto Livres para promover mudanças significativas e proporcionar esperança e oportunidades para comunidades vulneráveis no sertão brasileiro.

Mais Água: Transformando Vidas no Sertão com Acesso à Água Potável

O projeto Mais Água busca transformar vidas no sertão brasileiro ao fornecer acesso à água potável, enfrentando a escassez por meio de soluções hídricas.

Empoderando Vidas: Conheça o Projeto Livre Ser no Sertão do Brasil

O Projeto Livre Ser promove o desenvolvimento de crianças e adolescentes através de experiências de socioaprendizagem, visando fortalecer seu protagonismo social e cultivar valores como autonomia e dignidade.

Transformando Vidas no Sertão: A Missão Social do Livres

A Missão Social do LIVRES é um projeto que busca melhorar as condições de vida no sertão brasileiro através de ações práticas e parcerias locais.

Impacto Livres: Transformando Vidas no Brasil

Desde 2014, o Impacto Livres tem sido crucial para melhorar vidas no sertão, alcançando números impressionantes.

Compartilhe

Copiar link

MAIS LIDAS

INSCREVA-SE

Quer ficar por dentro de todas as iniciativas inspiradoras e progressos que estamos alcançando? Engaje-se conosco assinando nossa newsletter e receba informações exclusivas, histórias de impacto e oportunidades para fazer a diferença. Juntos, podemos construir um futuro melhor!