Infecção urinária é uma das principais queixas em postos de saúde - Instituto Livres Pular para o conteúdo

Chave PIX: [email protected] | [email protected]

NOTÍCIA

05 de abril

Infecção urinária é uma das principais queixas em postos de saúde

A infecção urinária é uma das principais causas de atendimentos nos postos de saúde. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), essa é uma das causas mais comuns de infecção na população geral. 

 

Particularmente as mulheres são mais vulneráveis, sobretudo porque possuem menor extensão anatômica da uretra do que os homens, e maior proximidade entre a vagina e o ânus.

 

Porém, os homens também são acometidos, principalmente quando há doença prostática associada. Dada a sua importância, veja abaixo algumas questões sobre o tema.

 

Dor, ardência, urgência de ir ao banheiro, cheiro forte no xixi, eliminação de pouco xixi e até febre são os sintomas mais comuns. E se você nunca passou por isso, certamente conhece alguém que já passou.

 

O tratamento para infecção urinária normalmente é feito com o uso de antibióticos receitados por um médico, como Ciprofloxacino ou Fosfomicina, para combater o excesso de bactérias, como Escherichia coli, que podem estar causando a infecção.

 

As infecções urinárias exigem atenção, sobretudo porque são capazes de evoluir para uma versão estendida e agressiva, a pielonefrite.

 

A falta de ingestão de água e má higiene não só podem provocar a infecção urinária como são uma das principais causas. Nas regiões mais vulneráveis, como o sertão do Piauí, onde o LIVRES atua firmemente, é notório o reflexo da escassez hídrica, bem como da falta de acesso a recursos, tais como saúde, infraestrutura e educação.

 

Leia também:
+ Água: a crise hídrica global e o sertão
+ A falta de água no nordeste

 

Doenças que são reduzidas pela atuação do Livres

A atuação do LIVRES no sertão vem colaborando com diversos impactos positivos, especialmente com relação à redução de doenças, principalmente por meio dos programas Missão Social e Mais Água.

Contudo, nem sempre falamos de seus impactos mais profundos.

 

Mais Água

Para aqueles que não conhecem, nosso programa Mais Água é responsável por viabilizar soluções de acesso à água potável em regiões do sertão onde a água é escassa ou o acesso inexistente. No sertão, o que muitos não sabem é que a água, quando há, é salgada e imprópria para o consumo.

 

A falta de água, que é um bem essencial, traz impactos sociais, econômicos e ambientais. São exemplos o esvaziamento das cidades, baixa produção agrícola e industrial, falta de emprego, entre muitos outros.

 

Como já dissemos, a falta da ingestão de água, ou pouca ingestão é um dos principais causadores da infecção urinária.

Além, ainda, da evidente desidratação, o consumo impróprio da água pode levar a doenças graves.

Aqui estão mais alguns exemplos:

  • Hepatite A
  • Giardiase
  • Amebíase
  • Leptospirose
  • Cólera
  • Ascaridíase ou lombriga
  • Febre tifoide

 

Missão Social

O programa Missão Social é onde nossa equipe de agentes desenvolve regularmente todos os trabalhos de assistência, desenvolvimento, e novas oportunidades de atendimentos junto às comunidades e povoados.

 

Através dele, fazemos a entrega de cestas básicas para o povo sertanejo, além de todo acompanhamento psicossocial e exames médicos.

 

Alguns exemplos de doenças causadas pela desnutrição:

  • Anemia
  • Falta de ferro
  • Deficiência de iodo ou xeroftalmia
  • Redução da vitamina A e outras vitaminas essenciais para o pleno funcionamento corporal

 

Também há as doenças psicológicas, como:

  • Depressão clínica
  • Ansiedade
  • Síndrome do pânico

 

 

Atuação do Livres com as doenças

Na maioria dos casos, o Instituto LIVRES atua de forma preventiva no combate às doenças listadas. Nesses casos, é possível também observar outras enfermidades, como notadamente a infecção urinária.

 

Para as doenças causadas pela água contaminada, disponibilizamos uma série de soluções hídricas para o tratamento da água contaminada ou salobra. Dessa forma, já conseguimos distribuir mais de 60 milhões de litros de água potável para o povo sertanejo.

 

Na parte da desnutrição, realizamos periodicamente a distribuição de cestas básicas para os mais necessitados. Entre 2020 e 2021, distribuímos mais de 116 toneladas de alimentos para mais de 50 comunidades.

 

Para as doenças da alma, temos um programa de aconselhamento para mulheres. Em 2021 atendemos 35 mulheres que precisavam de suporte nesta área.

 

Dessa forma, vamos avançando com o cuidado das pessoas e famílias e a redução das doenças entre o povo sertanejo.

 

Não se esqueça: você pode ajudar nessa luta conosco.

 

Torne-se um doador e faça parte desse movimento por um sertão mais saudável!


Últimas notícias

Por Dentro do Projeto Mais Água: Revelando a Realidade das Comunidades Sertanejas

Buscamos compreender a realidade das comunidades sertanejas do Nordeste brasileiro, o Mais Água visa enfrentar os desafios da escassez de água.

Construindo Futuros Promissores: Compromisso no Combate ao Abuso Infantil

No Dia Nacional do Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, o Livres busca proteção e bem-estar.

Juntos Pelo Rio Grande do Sul

SOS Rio Grande do Sul - Saiba como ser eficiente na ajuda às vítimas dessa terrível tragédia!

18 Anos Ressignificando Realidades e Reconstruindo Sonhos!

Conheça Nossos Amigos e Apoiadores

Personalidades influentes se unem ao Instituto Livres para promover mudanças significativas e proporcionar esperança e oportunidades para comunidades vulneráveis no sertão brasileiro.

Mais Água: Transformando Vidas no Sertão com Acesso à Água Potável

O projeto Mais Água busca transformar vidas no sertão brasileiro ao fornecer acesso à água potável, enfrentando a escassez por meio de soluções hídricas.

Compartilhe

Copiar link

MAIS LIDAS

INSCREVA-SE

Quer ficar por dentro de todas as iniciativas inspiradoras e progressos que estamos alcançando? Engaje-se conosco assinando nossa newsletter e receba informações exclusivas, histórias de impacto e oportunidades para fazer a diferença. Juntos, podemos construir um futuro melhor!