Soluções hídricas do projeto Mais Água

Constantemente citamos o projeto Mais Água como uma das soluções hídricas que ofertamos às comunidades sertanejas que sofrem com a falta d’água. Hoje, separamos um momento para explicar profundamente quais são as metodologias adotadas pelo projeto Mais Água no sertão piauiense.

Vamos explicar melhor sobre cada uma das soluções hídricas que levam a vida e a felicidade em forma de água para o sertão. 

Abastecimento de cisternasBasicamente, trabalhamos com cinco soluções hídricas que permitem a distribuição da água potável nas comunidades. Antes de abordar, de fato, sobre as diferentes soluções e quando cada uma é utilizada, é importante que você entenda que implantamos tecnologias que sejam a melhor alternativa para que cada comunidade possa ter acesso à água limpa e potável.

 

Fatores como a existência ou não dos lençóis freáticos, barragens, períodos de chuva e vazão de água em poços já existentes influenciam muito no momento de determinar a possibilidade ou não de implementação de alguma das soluções que temos disponíveis.

Poço artesiano

É um poço que perfuramos para chegar até o lençol freático existente que possa trazer água até a superfície. Esses lençóis freáticos são, basicamente, bolsões subterrâneos de água que se acumulou durante longo período. Dependendo da região, os lençóis estão mais próximos ou mais afastados da superfície, determinando o nível de dificuldade do acesso. Na maioria dos lenções existentes no sertão, a água é extremamente salgada, por isso o consumo sem algum processo de tratamento daquela água é praticamente impossível. Em algumas comunidades encontramos poços perfurados, contudo, pela falta de qualidade da água, é necessário um sistema dessalinizador que trate a água, tornando-a apropriada para o consumo.

 

Sistema dessalinizador

Essa é a nossa solução mais conhecida. O sistema puxa por meio de bombeamento a água salobra do poço artesiano e extrai todo o sal deixando-a completamente potável e adequada para o consumo. Sem esse sistema, de nada adiantaria a perfuração dos poços, pois a água estaria disponível fora dos lençóis freáticos, mas sem condições de ser consumida. Um ponto importante também é que os sistemas são instalados em comunidades rurais que têm muita dificuldade de acesso à qualquer fonte existente de água, buscando melhorar a qualidade de vida das famílias, para que não tenham que deslocar para buscar água.

 

Açude

Funcionam, basicamente, como as barragens, mas com tamanhos reduzidos. Os açudes podem até mesmo ser feitos por escavação com uso de tratores ou outros equipamentos próprios.  Visam reter as águas das chuvas para uso comum em período mais prolongado das secas. Essa água não é ideal para consumo, a não ser que seja fervida, mas pode ser usada na agricultura, higiene pessoal e para os animais. 

 

Barragem

São barreiras construídas ou reformadas para represar a água que vem por meio da chuva. As barragens têm como função juntar a água da chuva que escorre até ela e mantê-las ‘armazenadas’ para as pessoas utilizarem conforme surge a necessidade. Um problema dessa solução é que a barragem acaba acumulando dejetos em seu fundo, então, nos períodos de seca, quando o nível de água fica mais próximo ao fundo, as pessoas começam a beber os resíduos que ali estão decantados.

 

Caminhões pipa

Utilizamos os caminhões pipa com água potável para soluções muito específicas. Geralmente em comunidades onde não há outras fontes de água, onde as soluções não encontram estrutura para serem implementadas, ou quando empresas e doadores se propõem a fazer este tipo de doação para o projeto Mais Água. Aí então, recorremos aos caminhões pipa para levar água para o abastecimento das cisterna das famílias.  

 

 

 

Por meio de alguma dessas soluções hídricas, atualmente, já são 11.785 pessoas beneficiadas pelo projeto.

 

Quase 12.000 vidas beneficiadas com água. Um recurso básico tão essencial à vida. Esse projeto contribui diretamente para o desenvolvimento de quatro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável  definidos Agenda 2030 da ONU.

Translate »
Iniciar conversa
Podemos te ajudar?
Olá!! Como podemos te ajudar?