Email: office@yourdomain.com
Phone:: +44 20 7240 9319
Fale com o Instituto: 0800-883-6263

Muito mais que uma tendência empresarial

A conexão da atividade que desempenhamos por tantas horas diárias com nossa missão e valores pessoais é fundamental

Employee experience: muito mais que uma tendência empresarial

A vida é baseada em experiências. O que nos forma como pessoas é o conjunto das nossas vivências ao longo dos anos, sejam elas boas ou ruins, inesquecíveis ou não. Nesse sentido, dado o grande volume de tempo que dedicamos a atividades profissionais, nosso trabalho tem um papel bastante significativo nessa construção – desde histórias vividas em empresas que fizeram parte da nossa trajetória à convivência com líderes admiráveis e lembranças de desafios superados com êxito.

Sob essa perspectiva, fica fácil entender o aumento cada vez maior do interesse de profissionais de todas as áreas por empregos que ofereçam algo além de salário competitivo e benefícios. Estamos em busca de experiências únicas, que causem bem-estar – e isso ultrapassa os limites de um ambiente despojado, do happy hour no fim do expediente e da possibilidade de home office. A conexão da atividade que desempenhamos por tantas horas diárias com nossa missão e valores pessoais é fundamental.

 

Dados da pesquisa “Meaning and Purpose at Work”, publicada pela Harvard Business Review (HBR) em novembro do ano passado, apontam que 9 entre 10 americanos aceitariam ganhar um salário menor para ter um trabalho com mais propósito. Em média, os participantes do estudo informaram, ainda, que estariam dispostos a renunciar a 23% de todo o seu salário futuro para ter um trabalho que fosse consistentemente significativo.

Essa foi, também, uma das conclusões de um levantamento da plataforma Glassdoor, divulgado em novembro de 2018. No estudo, uma parte relevante dos entrevistados (29%) informou que a falta de sinergia entre trabalho e seu propósito pessoal seria um dos principais motivos para que buscassem um novo emprego. Dados como esses indicam que profissionais do mundo inteiro têm visto seu trabalho como uma força transformadora, que buscam alinhar essas atividades com seus valores e, de alguma forma, buscam integrá-las a projetos pessoais.

 

No Instituto Livres, temos a cultura de relacionamento como um dos nossos principais pilares. Além de trabalhar continuamente para proporcionar às comunidades beneficiadas pelos nossos programas condições de vida dignas, queremos ter para nossa equipe, parceiros e amigos da causa um ambiente acolhedor, capaz de gerar uma sensação de bem-estar e pertencimento. Buscamos estimular conexões e incentivar as pessoas a desenvolverem suas atividades com criatividade e paixão.

O conceito de Employee Experience nada mais é do que a experiência dos colaboradores em sua jornada de trabalho. O Livres visa proporcionar, dia após dia, um ambiente em que todos possam se sentir inspirados a desempenhar suas funções, bem como participar de atividades paralelas que estejam ligadas ao seu propósito.

 

O resultado são pessoas engajadas, que têm orgulho de pertencer e poder usar a organização como plataforma para fazer a diferença e promover causas em que acreditam – o que, sem dúvida, é um fator que contribui para que tenhamos um ambiente bastante saudável. Segundo o relatório da HBR, pessoas que atuam em funções em que enxergam algum propósito permanecem nas organizações em que trabalham por mais tempo – e pessoas que percebem seus empregos como “altamente significativos” têm 69% menos intenção de deixar suas posições nos próximos seis meses.

Alguns exemplos de iniciativas que temos promovido são os encontros e palestras voltados para que as pessoas possam ter acesso a conhecimento, desenvolvimento e oportunidades, tais como: Empreendedorismo Social, Missões no Sertão, Marketing Digital, Indústria 4.0, entre muitos outros! São iniciativas que trazem temas extremamente relevantes para nossa causa e organização, transformando-a em um ambiente de desenvolvimento do potencial de cada um.

 

Para mim, CEO do Instituto Livres, é motivo de muito orgulho poder ter a convicção de que nossos colaboradores são embaixadores da cultura que buscamos reforçar no dia a dia da organização – o que contribui de maneira relevante para mantermos níveis altos de satisfação e produtividade. A identificação da nossa equipe e parceiros com os valores das organizações traz resultados concretos no curto e longo prazo – o que é mais um motivo para que essa seja uma prioridade para nós.

 

 

 

Clever Murilo Pires – CEO Instituto Livres

(inspirado no artigo de Flávia Vergili – diretora da área de Pessoas da WeWork)

 

Translate »