A seca e o sertão

Quando falamos em sertão, podemos imaginar uma paisagem árida, adornada pela caatinga e castigada pela falta de chuva.

 

Tal imagem não é tão longe da realidade, mas é incompleta: não conseguimos imaginar como a seca é devastadora para milhares de sertanejos que dependem de suas pequenas plantações ou de seus poucos animais de criação para se alimentarem.

 

Neste artigo, gostaríamos de explicar melhor o que é a seca, trazer alguns dos motivos que a ocasionam e mostrar como você pode fazer a diferença no sertão nordestino.

 

O que é a seca?

A seca é um fenômeno natural, contudo, seu conceito não tem uma definição restrita. De forma geral, ela pode ser entendida como a falta de chuva por um longo período de tempo, ocasionando a escassez hídrica. Essa escassez resulta em transformações significativas no meio ambiente e impacta o ecossistema e as atividades socioeconômicas.

 

Seu conceito pode variar muito das características climáticas e hidrológicas da região e de quais foram os impactos produzidos por ela. Quando falamos do Brasil, 6 meses sem qualquer precipitação no Semiárido, por exemplo, pode ser considerado normal. Entretanto, se a falta de chuva perdurar o mesmo tempo no Sul ou na Amazônia, o resultado é considerado trágico.

 

Por que há seca no sertão nordestino?

Como já falamos em nosso outro artigo, as principais causas da seca no sertão nordestino são naturais. A área está localizada em um local com pouca pluviosidade ao longo do ano. O sertão é dificilmente afetado pela massa de ar frio e úmido do sul. Portanto, há uma massa de ar quente e seco de longo prazo no interior do nordeste, e nenhuma chuva é produzida.

 

Outro fator crítico que contribui para a permanência da seca no sertão nordestino é a chamada indústria da seca.

 

Como bem sabemos, não é apenas o Brasil e nem somente o sertão nordestino que enfrenta os períodos de seca. Ao redor do mundo, lugares desérticos nos Estados Unidos e, principalmente, Israel, conseguiram vencer a falta de chuva crônica através de investimentos em tecnologias hídricas.

 

Contudo, a indústria da seca no Brasil funciona da seguinte forma:

 

  • Os políticos comprometem-se a melhorar a situação da população em troca de votos.
  • Uma vez eleitos, eles atendem somente aos grandes proprietários de terras que financiam suas campanhas eleitorais.
  • Exagera-se o problema da seca para arrecadar mais recursos, que raramente são usados ​​em benefício dos moradores locais.

O resultado é a perpetuação da seca e o estabelecimento de um ciclo vicioso sem resultados.

 

Transformando o sertão nordestino

Sabemos que a falta de chuva impacta diretamente a vida dos sertanejos: desde obter água limpa para beber ou preparar seus alimentos, até na irrigação de suas plantações para ter o que comer e alimentar sua criação.

 

Para transformar essa realidade, nós do Livres nos comprometemos a trazer água de qualidade à população sertaneja através do programa Mais Água, além da ajuda com alimentos e cuidados através da Missão Social.

 

Com o programa Mais Água, oferecemos soluções hídricas de promoção do acesso à água potável como sistemas dessalinizadores, poços artesianos, açudes, barragens e caminhões pipa (onde não há cenário para implementação das outras soluções).

 

O programa já alcançou mais de 2 mil famílias e distribuiu mais de 48 milhões de litros de água potável.

 

Nós queremos convidá-lo a continuar transformando as vidas castigadas pela seca.

 

Faça sua doação e transforme a vida de famílias através da água potável e do amor.

Translate »
Iniciar conversa
Podemos te ajudar?
Olá!! Como podemos te ajudar?