Email: office@yourdomain.com
Phone:: +44 20 7240 9319
Fale com o Instituto: 0800-883-6263

Estamos abordando um assunto muito importante, no qual você precisa ser informado: pessoas estão morrendo porque não tem acesso a água! A escassez de água potável vem crescendo no mundo e no Brasil, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas): "Estima-se que um bilhão de pessoas carecem de acesso a um abastecimento de água potável." É um dado alarmante! Você sabia que o semiárido nordestino é a região mais seca do Brasil e que famílias sofrem

Em artigo para lembrar o Dia Mundial da Água, 22 de março, a assessora de gestão corporativa do Pacto Global da ONU no Brasil, Giuliana Moreira, alerta que cerca de 35 milhões de cidadãos não têm acesso a água potável no país. Ainda segundo a especialista, 100 milhões de brasileiros não possuem saneamento adequado. Giuliana defende o engajamento do setor privado na busca por soluções que contribuam para o uso sustentável dos recursos hídricos e

O Instituto Livres atua no combate a essa realidade de exclusão, desenvolvendo soluções que gerem oportunidade de acesso à água potavel em comunidades desassistidas no sertão. Nós também "não vamos deixar ninguém para trás"! E você? Seja um doador!

Mais crianças morrem por água não tratada do que por violência no mundo. Juntos podemos mudar essa realidade!

Nesta semana estivemos reunidos com parceiros e amigos do Mais Água! Foram encontros animadores!! Conhecemos um grupo de engenheiros de Israel, das empresas Amit e AST especializadas em tratamento da água com base em tecnologias de grande capacidade - o presidente Eliézer, o diretor Amit e o engenheiro Yuval. Juliano Son os entrevistou para conhecer melhor os benefícios dessas tecnologias e as expectativas deles para o envolvimento com a oportunidade de promover melhorias no sertão. Também

Você conhece os critérios utilizados no Brasil para a fiscalização e o tratamento das águas? Vamos aprender e compreender mais sobre o assunto com esse estudo do mestre em geografia humana, Júlio César Lázaro da Silva. Um dos maiores desafios ambientais é a iminência da escassez de água em diversas localidades e o comprometimento das águas superficiais, cada vez mais submetidas ao aumento da sua utilização para atividades econômicas diversas. Uma série de conflitos é provocada pela

Feche o ano de 2018 fazendo o bem a milhares de vidas no sertão! O acesso à água potável é considerado como um direito humano fundamental que deve estar acima de qualquer realidade econômica, social ou política nacional e internacional. A falta de água vai além da dificuldade no acesso a esse recurso natural, pois ocasiona um problema socioeconômico de graves impactos. Essa é a realidade de muitas famílias no sertão onde o Instituto Livres tem

Translate »