Email: office@yourdomain.com
Phone:: +44 20 7240 9319

Search

Fale com o Instituto0800-883-6263
back to top

Blog

Desafios sociais – Entrevista Juliano Son

Desafios sociais no sertão a partir do olhar de Juliano Son

Em entrevista concedida ao Blog Novo Pensar, Juliano fala da história do Instituto Livres e novos desafios

 

Nós do blog Um Novo Pensar temos a convicção de que a fé sem obras é morta, e que essas obras não se resumem apenas ao que fazemos pra Deus mas também pelo que fazemos ao próximo. E o Juliano Son é um homem que arregaçou as mangas e colocou em prática um dos projetos mais lindos que atuam no sertão nordestino, o Instituto Livres. Desde já o agradecemos e também ao pessoal da assessoria que possibilitou essa entrevista.

Um Novo Pensar: Juliano, como surgiu a ideia de criar o Instituto Livres?

Juliano Son: O Instituto surgiu de um anseio meu em cooperar para que vidas fossem alcançadas de forma genuína. Em 2004 fui muito impactado pelo testemunho de uma missionária do Nepal sobre a questão do tráfico e abuso de crianças. Isso moveu meu coração a ponto de que a banda Livres surgiu para mobilizar recursos em prol dessa causa de resgatar crianças dessa realidade. E então eu percebi que precisava fazer mais, foi quando surgiu o desejo de criar o Instituto.

Um Novo Pensar: Como foi a decisão de deixar, juntamente com a família, um grande centro como é São Paulo e se mudar pra um ambiente muito mais simples como é Teresina? Em algum momento você sentiu medo dessa mudança tão radical?

Juliano Son: Quando eu fui ao Piauí para visitar uns amigos da Jocum com a Dani, minha esposa, nos deparamos com a realidade e grande necessidade de cuidar e proteger aquelas crianças. O numero de denuncias de violação é muito alto, altíssimo e as instituições que atuam nessa questão são muito poucas. Então eu senti o Senhor me mover para lá e começamos a orar por obreiros para que pudéssemos iniciar os trabalhos de acolhimento institucional ali. A gente orava, orava, mas não aparecia ninguém, rsss.. Então entendemos que era para nós mesmos irmos! Foi uma mistura de surpresa e alegria… Mas quando o Senhor chama, somos empoderamos de uma confiança, de fé e não ficamos retardando, mudamos logo. Ficamos preocupados com as crianças, mas elas rapidamente se acostumaram também aos dias de sol e céu muito azuis, diferente de São Paulo.

Um Novo Pensar: O Instituto Livres conta hoje com projetos como a Casa de Acolhimento, Impacto Sertão Livre e Mais Água tendo alcançado mais de 50 mil pessoas; Você imaginava, desde o início, que conseguiria alcançar e mudar a vida de tantas pessoas?

Juliano Son: É verdade. Não, eu não imaginava. Foi algo movido pela mão de Deus mesmo. Enquanto a gente se organizava para receber as primeiras crianças no centro de acolhimento em Teresina, aguardava a construção, fomos conhecendo outras realidades sobre o sertão, como a questão da água salobra, o baixo numero de cidades alcançadas pelo evangelho, os missionários da região… E a verdade é que acabamos nos envolvendo com essas realidades e com o desejo de transforma-las. Assim, em reuniões com amigos e missionários fomos construindo esses outros dois projetos, o Mais Água e o Impacto, que têm beneficiado milhares de vidas no sertão.

Um Novo Pensar: Quais são os maiores desafios de cada um desses projetos?

Juliano Son: O trabalho com crianças é sempre um desafio, especialmente quando elas vêm de situações traumáticas. O acolhimento institucional é um desafio também na questão do sustento, pois demanda profissionais especializados, seguimos varias regras junto à Vara da Infância e não podemos mostrar as imagens de rosto das crianças pois seus processos correm em sigilo de justiça. E também é verdade que as pessoas gostam de ajudar, doar ou contribuir com situações que conseguem ver… O acolhimento institucional é um projeto com investimentos robustos, não recebemos recursos do governo, apenas de doações e manter isso é um grande desafio…

O desafio do Mais Água, além do financeiro para comprar e instalar os equipamentos, é a sensibilização e orientação da comunidade local, bem como o que considero mais fundamental nesse projeto que é o acompanhamento espiritual dessas famílias… ter missionários e pastores ali dedicados a cuidar daquela gente. Entendemos que dar a água limpa de beber é essencial, mas nós existimos para anunciar às pessoas que Jesus é a Água da Vida!

O Impacto… bom, o Impacto eu creio que é um projeto, uma estratégia de Deus! Há muita graça envolvida em tudo o que acontece no Impacto. É totalmente pela Graça! Deus traz os voluntários, os profissionais de saúde, os missionários, voluntários, os ministros de louvor e nos enche a todos com seu amor pelas comunidades… é incrível! Todos somos tratados: nós que vamos ao campo quanto aos que nos recebem com a mensagem de salvação. Os sinais e maravilhas verdadeiramente acompanham os que anunciam que Jesus é o Senhor – é isso que acontece no Impacto. O que podemos melhorar? Sempre podemos, mas tudo acontece por causa Dele, do amor Dele pelos pequeninos e a gente participa desse movimento de amor porque escolhemos estar ali e ser Seus instrumentos!

Um Novo Pensar: Existe algum plano de expansão na área de atuação do instituto?

Juliano Son: Sim, existe sim. Acabamos de ‘ganhar’ a responsabilidade de administra e cuidar de 2 casas de acolhimento no município de Santo André/SP e estamos ampliando o nosso trabalho com crianças no sertão para uma base avançada com atividades de integração e formação de longo prazo, em parceria com a ChildFund Brasil para 1.000 mil crianças inicialmente. É um grande avanço e vamos precisar muito de todos vocês que confiam em nosso trabalho e têm nos apoiado! Vamos dar inicio a um novo trabalho de evangelismo no sertão que vai acontecer concomitante ao Impacto em todas as comunidades que já passamos – 70 – e nas que virão.

Temos também junto com Aldeias Infantis um trabalho de advocacy em prol das causas da criança e adolescente, vamos formatar o Incubadora Livres e a Casa de Oportunidades! É um ano de muitas novidades!

Um Novo Pensar: Do seu ponto de vista, é correta a afirmação de que a igreja brasileira ainda tem pouca preocupação social? Onde ela pode melhorar nesse sentido?

Juliano Son: Não sei se é certa… o que temos experimentado, especialmente no Impacto, é o grande envolvimento, pelo menos de uma parte, desse corpo. O que acho que acontece, ou pode acontecer, não é que a igreja não se preocupe, mas talvez tenha dificuldade de operacionalizar esse desejo de atuar efetivamente no social. Até muitas vezes pela própria instabilidade de algumas organizações do terceiro setor ou pelo receio do envolvimento em ações não lícitas. Por isso nós, do Instituto Livres, nos colocamos como uma oportunidade e opção de braço social para as igrejas que desejem atuar socialmente em causas que realmente promovam o bem social, que levem o evangelho, contribuindo para a expansão do reino. Pastores, esse é um convite! Pode nos procurar e saber como sua igreja pode realmente se envolver!

Um Novo Pensar: Qual é o procedimento para quem deseja ajudar o Instituto Livres seja financeiramente ou como voluntário?

Juliano Son: Para os que desejam ser parceiro investidor/doador, basta se cadastrar em nosso site. A pessoa escolhe o valor e por quanto tempo quer doar. No site também tem as nossas contas bancárias caso a pessoa prefira fazer deposito ou transferência.

As igrejas ou ministérios que quiserem contribuir podem levantar ofertas em seus eventos, junto a seus membros e nossa equipe pode disponibilizar material que os auxilie nessas ações. Podem enviar missionários e sustenta-los na obra no sertão, vir junto, orar!

Jovens podem mobilizar seus colegas de colégio ou faculdade para promoverem ações em prol da causa sertaneja. Empresas podem se envolver também doando 2% do seu imposto devido via lei de incentivo fiscal ou patrocínios.

Os voluntários podem participar de varias formas. Podem se inscrever no site para as edições do Impacto, ou como voluntários do Vai valer a pena, contribuindo com seus talentos profissionais, seu networking, seu tempo – são muitas as possibilidades – preenchendo formulário também no nosso site.

Um Novo Pensar: Juliano deixe uma mensagem para os nossos leitores e admiradores do seu trabalho.

Juliano Son: A vocês, queridos amigos e leitores do Blog Um Novo Pensar, meu forte abraço e um desejo que em breve nos encontremos em muitas e diversas oportunidades de exercer o nosso chamado em Cristo, anunciando esse amor tão infinito, que nos sara, que nos cura, que nos transforma! Paz queridos!

Translate »